BULIMIA NERVOSA
O que é?
A Bulimia Nervosa é um Transtorno Alimentar que se caracteriza pela ingestão de grandes quantidades de alimentos (episódios de comer compulsivo ou episódios bulímicos), seguidos por métodos compensatórios, tais como vômitos autoinduzidos, uso de laxantes e/ou diuréticos e prática de exercícios extenuantes como forma de evitar o ganho de peso pelo medo exagerado de engordar.
Diferentemente da anorexia nervosa, na bulimia pode não haver perda de peso, e assim médicos e familiares têm dificuldade de detectar o problema. A doença ocorre mais frequentemente em mulheres jovens, embora possa ocorrer, raramente , em homens e mulheres com mais idade.




O que se sente? 
Ingestão compulsiva e exagerada de alimentos.
Vômitos autoinduzidos, uso de laxantes e diuréticos para evitar ganho de peso.
Alimentação excessiva, sem aumento proporcional do peso corporal.
Depressão.
Obsessão por exercícios físicos.
Obsessão por exercícios físicos.
Comer em segredo ou escondido dos outros.
Complicações médicas 
Inflamação na garganta (inflamação do tecido que reveste o esôfago pelos efeitos do vômito).
Face inchada e dolorida (inflamação nas glândulas salivares).
Cáries e lesão sobre o esmalte dentário. Desidratação.
Desequilíbrio eletrolítico.
Vômitos com sangue.
Dores musculares e câimbras.
Causas
Assim como na anorexia, a bulimia nervosa é uma síndrome multideterminada por uma mescla de fatores biológicos, psicológicos, familiares e culturais. A ênfase cultural na aparência física pode ter um papel importante. Problemas familiares, baixa autoestima e conflitos de identidade também são fatores envolvidos no desencadeamento desses quadros.
Como se desenvolve?
Muitas vezes, leva tempo para se perceber que alguém tem bulimia nervosa. A característica principal é o episódio de comer compulsivo, acompanhado por uma sensação de falta de controle sobre o ato e, às vezes, feito secretamente. Os comportamentos direcionados a controle de peso incluem jejum, vômitos autoinduzidos, uso de laxantes, enemas, diuréticos, e exercícios físicos extenuantes. O diagnóstico de bulimia nervosa requer episódios com uma frequência mínima de duas vezes por semana, por pelo menos três meses. A fobia de engordar é o sentimento motivador de todo o quadro. Esses episódios de comer compulsivo, seguidos de métodos compensatórios, podem permanecer escondidos da família por muito tempo.
A bulimia nervosa acomete adolescentes um pouco mais velhas, em torno dos 17 anos. Pessoas com bulimia têm vergonha de seus sintomas, portanto, evitam comer em público e evitam lugares como praias e piscinas onde precisam mostrar o corpo. À medida que a doença se desenvolve, essas pessoas só se interessam por assuntos relacionados à comida, peso e forma corporal.
Como se trata?
A abordagem multidisciplinar é a mais adequada no tratamento da bulimia nervosa, e inclui psicoterapia individual ou em grupo, farmacoterapia e abordagem nutricional em nível ambulatorial.
As técnicas cognitivo-comportamentais têm se mostrado eficazes.
As medicações antidepressivas também têm se mostrado eficazes no controle dos episódios bulímicos.
A abordagem nutricional visa estabelecer um hábito alimentar mais saudável, eliminando o ciclo "compulsão alimentar/purgação/jejum".
A orientação e/ou terapia familiar faz-se necessária uma vez que a família desempenha um papel muito importante na recuperação do paciente.
Como se previne?
Uma diminuição na ênfase da aparência física, tanto no aspecto cultural como familiar, pode eventualmente reduzir a incidência desses quadros. É importante fornecer informações a respeito dos riscos de regimes rigorosos para obtenção de uma silhueta "ideal", já que eles desempenham um papel fundamental no desencadeamento dos transtornos alimentares.




Informações confiáveis de saúde na Internet.
Portal direcionado ao público em geral que tem por objetivo a informação, divulgação e educação sobre temas de saúde com mais de 750 artigos escritos exclusivamente por mais de 30 especialistas.


É claro que é um post , criado por especialistas qualificados, ao qual se espera que seja divulgado e passar informação a população , um beijo !!!...
Então eu passar para os amigos dois post , um sobre BULIMIA outro sobre ANOREXIA para que se veja a diferença, causa e tratamento.


LEIA TAMBÉM http://videosdasol.blogspot.com.br/search/label/ANOREXIA%20NERVOSA

14 comentários:

  1. Excelente publicação,Sol.

    Temos que informar para que pessoas não caiam nessa armadilha!

    A série da globo "Malhação" está abordando o problema de uma menina que ,por insistência da mãe,quer ser modelo e apesar de magra,dizem que está precisando perder uns quilos.
    Outra modelo ensina a técnica de comer e vomitar.
    Conclusão:

    Ela fica realmente com bulimia,irritada,pedindo segredo a quem sabe e termina tendo que se tratar em psiquiatra.


    Tenho um post e vídeo sobre o assunto que preciso procurar.


    Lindo dia dos namorados espero que o seu tenha sido!

    Beijos

    Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida Donetzka, sim e este site é muito bom com grandes especialista a bulimia é grave, e nem sempre a pessoa admite que esta doente e precisa de ajuda... beijos minha querida ,,, sempre bom ter você aqui.
      um lindo dia para você tambem... beijos

      Excluir
  2. Pois é Sol, essa é a ditadura da moda, mostram mulheres esqueléticas dizendo que isso que é o bonito, e aí algumas meninas acabam se perdendo dentro de um mundo de fantasias e acabam adoecendo ao ponto de muitas vezes perder a vida.

    é uma pena que isso ainda aconteça, e que mães não consigam perceber nas filhas esse mal tão terrível.

    Ótimo post, deve ser divulgado sempre!

    Masso Vita
    Cantinho - Parcerias
    Mundin Nosso

    Abraços e carinhos
    Mynda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mynda sempre bom ter você no Blog,,sim a mídia , coloca formas que eles determina na cabeça de adolescentes , que estão mau informados sobre o que realmente é. padrão de beleza ... roupas que são para criança , por como medidas para adolescentes.... beijos minha querida

      Excluir
  3. Excelente texto, tem muitas pessoas que sofrem disso e não querem admitir que tem, bulimia nervosa é um caso sério se não for tratada antes acaba com vida da pessoa. Mais uma parte de culpa de isso acontecer são as mídias que mostra as modelos magras e as meninas vão atrás dessas coisas. Sol te desejo uma ótima quinta feira beijos.
    Lucimar Estrela da Manhã

    Divulgue seu blog no Face

    Fan Page

    Faço Afiliação de Comentários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Lucimar, é uma forma de informa nossos leitores , a se cuidar , observar o que é melhor para eles, e para quem é mãe de adolescente também, observar o comportamento de seus filhos nA HORA DAS REFEIÇÕES.
      beijos Lucimar e um ótimo dia a você.

      Excluir
  4. Muito boa essa matéria, é uma coisa muito complicada e causa tanto mal.
    Desculpe o sumiço, é que dei uma desanimada do meu blog.
    Obrigada pela visita
    Desejo uma ótima quinta feira
    Beijo Doce
    Doce Paz Beleza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Katia de nada linda ... as vezes desanimamos mesmo , más temos que seguir,não é?
      obrigada também pelo carinho e sempre bem vinda .
      beijos

      Excluir
  5. Estou te seguindo.
    www.deborawarrior.com
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Bem vinda Débora , eu agradeço ... fiz um comentário em seu Blog más ele não aparecer , deve ser bug,,,
    obrigada pela visita... beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Sol, muito boa essas dicas. Tenho muita pena que nos dias de hoje as pessoas fiquem tão presas aos padrões de beleza e não se aceitem mais como realmente são. Espero que com esse tipo de informação abra a cabeça desses seres e as pessoas voltem a dar mais importância para o caráter do que para a aparência.

    Beijos Querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga , sim muito importante que as pessoas veja , o que é importante na vida delas, não só beleza exterior... um grande beijo e obrigada ...é o caráter essencial.
      beijos minha querida!!!

      Excluir
  8. Muito esclarecedor o seu post Sol, parabéns!
    Na minha opinião esse é realmente um dos transtornos mais difíceis de serem tratados, mais tem sim que buscar ajuda!
    Bjus


    http://blogluminoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Liny , você tem razão muito difícil, más os pais tem que prestar atenção ao comportamento de seus filhos, apesar que não ter idade para a doença. , um grande beijo e obrigada linda!!!

    ResponderExcluir

ŞØŁ ŦΔΜΔŁ¥Ň ЖØЖØ

༺♥༻ℒℴѵℯ༺♥༻

Só por hoje:

Não se zangue,
Não se preocupe,
Seja grato,
Trabalhe com diligência,
Seja gentil para as pessoas.

नमस्ते NAMASTÊ – O DEUS QUE HÁ EM MIM SAÚDA O DEUS QUE HÁ EM TI!

Renata Marciano

 
© Terapia Floral - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Renata Sol Tamalyn.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo